Definição

O que é a esquistossomose?

A esquistossomose é uma doença que é causada pelo parasita Schistosoma (género) que entra nos seres humanos ligando-se à pele, penetrando-a, e em seguida, movendo-se através do sistema venoso de veias portas em que os parasitas produzirão ovos e, eventualmente, sintomas de doença aguda ou crónica (por exemplo, febre, desconforto abdominal, sangue nas fezes). Esta doença é também conhecida como bilharziose e esquistossomíase, ou na forma aguda, síndrome Katayama. Theodore Bilharz identificou o parasita Schistosoma hematobium no Egito em 1851. A esquistossomose é a segunda doença tropical mais prevalente no mundo; a malária é a primeira. Esta doença ocorre principalmente em países em vias de desenvolvimento na África, Ásia, América do Sul, Médio Oriente e Caraíbas. Estima-se que cerca de 207 milhões de pessoas em pelo menos 74 países tenham a doença. Nos EUA, é diagnosticada em turistas que visitaram países em vias de desenvolvimento e nos visitantes desses países, ou em acidentes de laboratório. O tipo de caracol que faz parte do ciclo de vida do parasita (ver abaixo) não é endémico em fontes de água doce dos EUA, de modo que a doença não é endémica dos EUA. A esquistossomose aguda pode atingir uma taxa de mortalidade de 25%, embora a maioria das zonas apresentem taxas mais baixas.

Esquistossomose Num Relance

  • A esquistossomose é uma doença causada pelo Schistosoma spp. que pode causar infeção aguda e crónica, com muitos sintomas que frequentemente incluem febre, sangue nas fezes ou urina, e desconforto abdominal.
  • A resposta imune à migração dos ovos de Schistosoma spp. através dos tecidos e a sua deposição em órgãos do corpo causam a doença.
  • A esquistossomose tem uma fase aguda e crónica.
  • A esquistossomose é diagnosticada pela identificação de ovos característicos nas fezes, urina, ou amostras de biopsia; o diagnóstico pode ser auxiliado com testes sorológicos (ao sangue).
  • A esquistossomose é tratada de forma eficaz com o antiparasitário praziquantel, especialmente na fase aguda da doença.
  • A esquistossomose crónica frequentemente é acompanhada de problemas em vários sistemas de órgãos (por exemplo, o sistema gastrointestinal, o sistema urinário, o coração, o fígado).
  • Atualmente, não há vacina disponível para a esquistossomose.